18 de set de 2006

novas primaveras

recortes de fotos digitais
remetem a lembranças reais...
a garganta se espreme,
dificultando os goles
e os suspiros surgem
talvez como leve consolo para o peito apertado

nenhuma primavera será mais
como a dos antigos setembros...
uma nova cor se revela pela luz,
uma nova flor que antecipa dezembro