17 de nov de 2006

pitadas de NÃO

acorda pra vida, irmão
que o tempo não sabe esperar
quem sempre viveu aceitando
um dia talvez vai negar

quem sempre a corrente levou
resolve nadar contra o mar
e o tempo que nunca parou
quem sabe, vai não concordar

acorda pro tempo, irmão
que a vida insiste em ensinar:
o fogo e a água se dão,
só basta saber temperar

o amor com seu doce sabor
tem suas pitadas de não
senão, é do tempo impor
o amargo sabor, solidão

Nenhum comentário: