6 de dez de 2007

maracatu contente



se eu tivesse a mesma força
desse baque revirado
que faz rir e faz bailar
tua estrela rebrilhante,

minhas mãos seriam palco
para tuas sapatilhas
e o meu coração alfaia
batucando tua alegria


eu, porém, pobre baiano
mais treinado em outras gingas,
só consigo (estatelado)
degustar a minha pinga

que é pra me esquentar o peito,
despertar de um quase sonho
e guardar na mente torta
teu maracatu risonho

5 comentários:

Rangel Castilho disse...

Salve, Carlos!!!!

Parabéns por teus escritos.
Estão muito belos.

Abraço pantaneiro.

PS - Deixei um link seu lá no

http://poetarangelcastilho.blogspot.com

Tábata disse...

Você é um artista!
Parabéns!!!!!!

tinah disse...

Olá caro amigo baiano!
vim olhar seus feitos e confesso: eu que fiquei estatelada com tão belos versos!
parabéns!

Ricardo disse...

car ficou lindo euq ue sou batuqueir de olinda adorei muito e gostaria de divulgar seu poema no blog do meu grupo batadoni.blogspot.com
abraço

Ricardo disse...

valeu cara, claro que colocarei as referencias pois são bem merecidas
abraços...