23 de jan de 2007

preço do brilho



gira a menina,
baiana que roda
bolsinha na praia
de Amaralina...

a vã maresia,
o afã por prazer,
mistura de areia
com cana e dendê

baiana retinta,
"parlez-vous français"?
avia, menina,
leva o teu patuá!

que o preço do brilho
da faca que finca
nas tuas entranhas
o dólar é quem banca

e roda a menina,
e sangra e vacila,
baiana que deita
sem vida e sem cama


(imagem gentilmente cedida pelo overmano Osvaldo, que desafiou-me a escrever este texto)

3 comentários:

jjLeandro disse...

Carlão,
tive lá no Veneza de Brasileiros e vi a sua parceria e do Osvaldo. Belíssima. Comentei lá tb. É uma parceria para sucesso em qualquer lugar. Ainda não vi se botaram no Overmundo. Se não, bem que deveriam. Uma abração.

Osvaldo Barreto disse...

Carlos, Valeu por publicar a minha imagem no teu blog. Obrigado, meu bom!!! Abraços!!!

Luciano disse...

Caro ECT:

Achei os versos que queria para a nossa próxima parceria. Gosto do movimento e da conotação social do texto. Gosto do "dênde" impregnado nele. E aí, vous laissez?