17 de jan de 2007

um pedreiro

onde já se viu,
onde já se viu?

um pedreiro
e sua colher
misturando o cimento
e com leves movimentos
fazer alguém chorar,
quem já viu?

atira algumas colheres,
raspa a sobra,
alinha a massa...

enquanto o povo encara
e se comove,
e em soluços
raspa as lágrimas
que fartam nas caras,
quem já viu?

pois eu vi
e me permita consertar.
não é pedreiro,
nem é artista...
a sina desse homem é ser coveiro,
a sina desse homem é enterrar.

2 comentários:

Vitória Maria disse...

Olá Carlos. vim visitar seu blog, conhecer melhor suas palavras. isso se dará aos poucos. mas li bastante. pq? pq a leitura corre risonha de braços abertos feito criança. tudo de uma simplidade sincera, bonita. Parabéns!
abraço!

***obrigada pelo seu comentário lá no overmundo!!

jjLeandro disse...

Olá, Overmano Carlão,
da uma passada lá no endereço abaixo, embora meio capenga, coloquei os endereços interessantes para a galera acessar, entre eles, o seu.

http://fotolog.terra.com.br/jjleandro60