23 de jul de 2017


no baile das ressacas,
o que as ondas bagunçam,
os ventos tratam de rearrumar

2 comentários:

Nadine Granad disse...

Lindo!
Uma dança em que ninguém consegue pisar nos pés!
Vai e vem perfeito!

Beijos! =)

Carlos ETC disse...

Num organizadíssimo caos.
Obrigado, querida Nadine!